Carne moída de soja (PVT ou PTS)

Carne moída de soja (PVT ou PTS)

Aprenda a preparar essa carne de soja basiquinha mas deliciosa. Muitos vegetarianos evitam a soja, outros adoram… de qualquer forma é bom ter uma receita fácil e gostosa como essa na manga principalmente para servir para visitas que não estão acostumados com a alimentação vegetariana. Aposto que todos vão adorar!

Minha primeira experiência com carne de soja foi traumática, mas ainda bem que dei uma nova chance para ela porque quando bem preparada pode ficar fantástica! O segredo está na maneira de preparar… Você deve ter em mente essas 3 coisas:

1- Estamos falando daquela carne de soja desidratada (PVT – Proteína Vegetal Texturizada ou PTS – Proteína Texturizada de Soja), ela é uma esponja que absorve demais a água e portanto fica molenga e esquisita quando cozida demais. Ela pode ser hidratada, mas depois disso o ideal é fritar, assar ou refogar usando sempre pouca ou nenhuma água)

2- Dependendo do preparo, ela pode ficar com um sabor forte de soja e quem não está acostumado certamente vai achar estranho (alguns dizem que é sabor de papelão, mas nunca comi papelão para saber se é verdade, rsrs). Para não ter esse problema, siga a receita que vou passar que não terá erro!

3- Depois de hidratada, ela fica praticamente sem gosto e é aí que entram os temperos! Ela vai pegar o gosto dos temperos que você utilizar, então capricha! =)

Dito isso, agora vou explicar a técnica que eu utilizo para hidratar a carne de soja. Nessa receita eu usei a proteína de soja miúda, mas a maneira de hidratar é a mesma para os demais tamanhos também. No passado fiz diversas pesquisas, testei todas as técnicas que encontrei na internet e a que mais me adaptei foi a seguinte:

Hidratando a proteína de soja

  1. Coloque água em uma panela e leve ao fogo. A quantidade de água depende da quantidade de soja a ser hidratada, mas no geral, pode usar mais ou menos 1 litro de água para cada 2 xícaras de proteína de soja.
  2. Assim que a água começar a ferver, continue com o fogo aceso, e despeje  a soja na panela. Com uma escumadeira ou colher cuide para que ela afunde na água e não deixe que fique apenas boiando. Deixe ferver empurrando a soja para o fundo da penela por apenas 2 minutos, não mais do que isso para que a soja não fique mole demais. O tempo aqui é extremamente importante, ok? Não deixe a soja cozinhando.
  3. Note que uma espuma branca vai se formar, e a água vai ficar amerelada, isso é normal.
  4. Desligue o fogo e transfira imediatamente o conteúdo da panela para uma peneira.
  5. Esfrie a soja jogando água fria por cima dela na peneira (isso é para interromper o cozimento e também para que você não queime a mão no passo seguinte).
  6. Pegue uma quantidade de soja que caiba na sua mão e aperte bem, muito bem mesmo, para que saia o máximo de água possível. Vá colocando a soja espremida em um outro recipiente (se esforce para realmente tirar bastante água).
  7. Pronto, a soja está hidratada! Agora você pode usá-la em qualquer receita, inclusive na que vou passar nesse post!

Vamos lá então… depois dessa conversa toda sobre como hidratar a proteína de soja, vamos terminar de prepará-la:

Ingredientes

  • 3 xícaras de proteína de soja texturizada miúda escura (pvt ou pts) HIDRATADA como descrito acima
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picado
  • 1 xícara de pimentão vermelho picado
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher de chá de orégano
  • 1 colher de chá de cominho
  • 1 colher de chá de páprica doce (opcional)
  • 1/2 cubo de caldo de legumes (de preferência light, mas é opcional)
  • 2 colheres de sopa de extrato de tomate
  • Sal a gosto
  • Azeite para refogar
  • Salsinha a gosto
  • Cebolinha a gosto

Modo de Preparo

  1. Aqueça o azeite em uma penela e frite o alho (não deixe queimar)
  2. Acrescente a cebola e frite até que fique transparente
  3. Adicione então o pimentão, o louro e o orégano, cominho, páprica doce e uma pitada de sal e refogue por uns 2 minutos
  4. Acrescente a proteína de soja já hidratada e misture bem para incorporar todos os temperos. Vá mexendo para fritar um pouquinho com os temperos por uns 5 minutos (cuidado para não deixar queimar. Se ver que começou a querer grudar no fundo da panela, vá para o próximo passo)
  5. Misture o caldo de legumes e o extrato de tomate a meio copo de água e jogue na carne de soja
  6. Acrescente sal a gosto misture bem e deixe a água secar. Fique de olho e vá mexendo para não deixar queimar
  7. Assim que a água secar acrescente a salsinha e cebolinha e corrija o sal
  8. Se quiser uma carne ainda mais sequinha e soltinha como a da foto, continue mexendo sem parar em fogo baixo para que ela perca mais líquido. Se preferir mais úmida já pode desligar o fogo e está pronta a sua carne de soja!

 

 
Tags:

8 Comentários

  1. Pingback: Bolinhos de carne de soja

  2. Quiero aprender la crema de castaño de caju caul es esa en chile como se llama

  3. lucila ferreira diz:

    Olá. Tenho uma dúvida: não gosto de temperos, uso tempero pronto, porque não gosto de cebola nem de alho. Sempre vejo receitas interessantes, mas todas usam e abusam de temperos que eu acho fortes. Posso fazer só com o tempero pronto ou necessariamente precisa de algo mais, por ser carne de soja? Também não gosto de pimentão, e em especial tomate, não consigo nem segurar na mão. Agradeço orientação. Lucila

    • Olá Lucila,
      A carne de soja praticamente não tem sabor, então precisa ser bem temperada mesmo. Quanto à cebola e alho, se você quiser pode tentar substituir por temperos prontos, mas um amigo tentou e não gostou do resultado… pode ser questão de gosto. Se estiver usando o tempero pronto, dê uma boa refogada na carne de soja com seus temperos preferidos e no final coloque bastante salsinha e cebolinha para ajudar a compor o sabor.
      Você gosta de alho poró? Esse pode ser um bom substituto para o alho e cebola no preparo da carne de soja.
      Sobre o pimentão, você pode omitir, e o extrato de tomate é daqueles prontos de mercado sabe? Eu não deixaria de usar extrato de tomate nessa receita porque ele ajuda a dar um gostinho a mais no final :)
      Se gostar, azeitonas também combinam com essa receita, e shoyo também ajuda a dar um gostinho bom.
      Espero ter ajudado

      • lucila ferreira diz:

        Obrigada, ajudou sim. Azeitona eu gosto! Eu não me dou bem com tomate, não sei explicar. E vou procurar o alho poró, nunca tentei. Muito obrigada, mais uma vez, e sucesso! Parabéns pelas receitas. Lucila

  4. Ficou muito bom!!!!! Parabéns pelo site!

  5. Adorei a receita, vou tentar fazer aqui. Só uma dúvida, pode congelar a soja depois de hidratada?

    • Oi Débora, pode congelar a soja depois de hidratada e temperada, cria um pouco de líquido mas eu não acho ruim… acho que depende do gosto de cada pessoa. As vezes eu faço escondidinho por exemplo e congelo, fica bom :)

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 
 
 
 

Acompanhe todas as novidades!