Barrinhas cruas de aveia, sementes, nozes, banana e uvas passas

Barrinhas cruas de aveia, sementes, nozes, banana e uvas passas

E que tal essas barrinhas crudíveras super saudáveis!? Reparem que não vai açúcar… as frutas já as deixam doces o suficiente :)

O preparo é facílimo, e por serem cruas as barrinhas não perdem nutrientes, são pura saúde! São uma ótima opção para levar de lanche para a escola ou trabalho!

Dicas:

– Eu sempre consumo essas barrinhas em 3 dias, então não tenho certeza qual é o tempo máximo que elas duram. Elas são tão fáceis de fazer que nem me importo de fazer a cada 3 dias

– Para levar de lanche para a escola ou trabalho por exemplo, você pode embrulhar em papel alumínio ou colocar em um potinho pequeno. A barrinha não desanda e não perde a liga, ela continua durinha mesmo que fique um tempo fora da geladeira

– Retire da geladeira apenas quando já estiver saido de casa. Quanto menos tempo fora da geladeira, melhor. Evite deixar muitas horas fora da geladeira quando estiver calor

– As 16 barrinhas que rendem são menores que uma barrinha de cereal de mercado. Se você quiser fazer barrinhas do tamanho das industrializadas, pode considerar o rendimento como mais ou menos 8 barrinhas (depende do tamanho das bananas)

– Se você vai consumir a receita sozinho(a) e pretende comer apenas 1 barrinha por dia é melhor fazer meia receita e usar uma banana pequena para garantir que não vai ficar muita coisa para você

Vamos à receita então 😉

Ingredientes

  • 2 bananas maduras (use de preferência bananas nanicas)
  • 1 xícara de sementes (eu usei gergelim, linhaça, sementes de abóbora e sementes de girassol)
  • 1/2 xícara da nozes picadas
  • 1/2 xícara de uvas passas
  • aproximadamente 2 xícaras de aveia, ou o suficiente para dar o ponto (dependendo das bananas que foram usadas você pode precisar de menos ou mais aveia – use de preferência aveia em flocos finos e em flocos grandes misturados em proporções iguais)

Modo de preparo

  1. Amasse as bananas
  2. Misture as sementes, as nozes e as uvas passas
  3. Acrescente a aveia aos poucos até dar liga (a aveia em flocos finos faz esse trabalho com mais facilidade)
  4. Forre um recipiente de plástico, vidro ou uma forma com uma camada de aproximadamente 1 centímetro da massa e leve à geladeira por algumas horas. A aveia irá inchar e isso vai deixar a barrinha mais firme depois de gelada.
  5. Corte em quadrados ou retângulos e conserve em geladeira.
  6. Pronto! Se quiser você pode assar as barrinhas por alguns minutos, porém eu tentei assar e não gostei do resultado… elas ficam mais gostosas e mais saudáveis cruas mesmo! Ah, e só para não deixar dúvidas: essas barrinhas não ficam crocantes como as industrializadas… elas ficam úmidas, porém firmes o bastante para cortar e deliciosas 😉

 

 

 

Um comentário

  1. Pingback: Café da manhã

Postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 
 
 
 

Acompanhe todas as novidades!